Influência da música brasileira em Israel é tema de documentário

combo_israel2

Há quem sambe diferente em uma terra diferente. Em Israel, não só o samba, mas toda a música brasileira e a capoeira são parte da cultura cotidiana desde a década de 70. Na Faixa de Cinema desta sexta, 7/6, às 23h45, o documentário Israel Casa de Bamba, do diretor Felipe Ivaniscka, fala sobre a forte influência da música brasileira no país do Oriente Médio.

A obra, produzida em 2011, foi fruto de uma viagem do diretor que se surpreendeu com a presença da cultura brasileira no cotidiano do povo israelense, que encontra na mesma música uma razão para dançar, esquecer seus problemas e ser feliz.

Graduado em Comunicação Social pela UFMG, Felipe Ivaniscka atua na área do audiovisual como produtor, cinegrafista, editor, roteirista, fotógrafo e diretor. Em 2008 ganhou o prêmio de Melhor Roteirista no 1º Festival Ver e Fazer Filmes. Em 2010 realizou seu primeiro trabalho como diretor, no DVD “Alma Barroca”, de Maria Bragança. Em 2011, em Jerusalém, produziu o curta Turismo de Guerra, selecionado para quatro festivais de cinema e realiza o documentário Israel Casa de Bamba. Em 2012 aprovou seu primeiro projeto: a série de curtas documentais “Poética dos Encontros”, através da Fábrica do Futuro, realizando tudo coletivamente com o Coletivo Sem Eira nem Beira.

       

Deixe um comentário