Documentário 18 Km será lançado na Rede Minas

Um lado da Lagoa da Pampulha que pouca gente conhece. Na próxima terça-feira, 05 de setembro, será lançado na Rede Minas, às 22h30, o documentário “18 Km”, que revela o universo da Lagoa da Pampulha, um dos símbolos da capital mineira. 18 Km é a distância para se percorrer o entorno da lagoa e o filme mostra, a cada quilômetro desse trajeto, um personagem que tem sua vida ligada à região, revelando um aspecto de um microcosmo de experiências humanas. São pessoas que ali trabalham, se divertem e moram, protagonistas de inúmeras histórias, que vão além de símbolos, lendas e mitos da lagoa.

Entre os personagens encontrados nesse percurso estão pessoas conhecidas por quem circula pela região, figuras desconhecidas e nomes populares da cena cultural de Belo Horizonte, como a escritora Cris Guerra, o compositor Tavinho Moura e a coordenadora Nacional do Cenarab (Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira) Makota Celinha.

E a vida da lagoa não se limita às pessoas que têm um laço afetivo ou de trabalho com ela. Além do famoso jacaré (sim, ele realmente existe e o documentário conversa com o homem responsável por trazê-lo ao local), peixes, gorilas, pássaros e a própria água refletem e são elementos que compõem a alma da região, com todas as suas polêmicas, contrastes econômicos e resquícios de tempos áureos.

O documentário é uma produção da EmVideo e será exibido com exclusividade na Rede Minas, como parte da sessão Terças de Cinema.

 

Argumento e direção: Bellini Andrade/ Textos: Marcus Nascimento/ Direção de produção: Nádia Maria/ Direção de fotografia: Bellini Andrade/ Câmera: Miguel Pauste/ Cenas aéreas: Pro Digital/ Imagens adicionais: Beto Magalhães/ Edição: Renato Megale e Sidney Vieira/ Videografismo: Anselmo Jerônimo/ Mixagem e masterização: Pedro Jácome – Audio Pop

       

Deixe um comentário