Aniversário do Galo tem “Coração em Preto e Branco” no Rede Minas Memória

No dia 25 de março, quando a Massa comemora mais um aniversário do Clube Atlético Mineiro, o Rede Minas Memória Especial vai trazer o documentário “Coração em Preto e Branco”,   

Em 2005, o Atlético foi rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na sua história. O martírio na segunda divisão durou uma temporada e, no ano seguinte, o Galo teve seu acesso garantido à série A com o título de campeão da série B. Esse momento histórico ganhou o documentário “Coração em Preto e Branco”, produzido pela Rede Minas, com direção de Túlio Ottoni.

A produção foca em um dos mais turbulentos momentos da trajetória em campo do Atlético Mineiro. Na ocasião, o clube e a torcida viviam em tensão. O documentário registrou aquele momento por meio de depoimentos de atleticanos ilustres, como do arcebispo de Belo Horizonte Dom Serafim e do cantor e compositor Vander Lee, que faleceu em 2016. A produção conta também com a presença de ex-atletas, como Reinaldo, Cerezzo e Luizinho, músicos, como Wilson Sideral, e torcedores comuns, representando a enorme torcida alvinegra.

O PROJETO REDE MINAS MEMÓRIA

Desde 2019 o projeto Rede Minas Memória realiza um trabalho de resgate de histórias contidas em seu acervo audiovisual. Gerenciado pelo Centro de Documentação (CEDOC) da emissora, esse acervo conta com cerca de 50 mil horas de programação que contam parte da história do estado de Minas Gerais e do Brasil, por meio de entrevistas, matérias, documentários e outro formatos.

O conteúdo você encontra no memoria.redeminas.tv.

O filme “Coração em Preto e Branco” será o segundo conteúdo Especial do projeto Rede Minas Memória, disponibilizado na íntegra de uma das produções da emissora.

Dom Serafim Coracao em preto e branco. FOTO: divulgação.

Não perca! O Rede Minas Memória Especial “Coração em Preto e Branco” estará disponível no YouTube da Rede Minas na quinta-feira, dia 25 de março, às 20h30.

Deixe um comentário