2º Conselho Aberto amplia debate sobre programa Mulhere-se

2º Conselho Aberto Mulhere-se

A Rede Minas realizou nesta quarta-feira, 24, na Biblioteca Pública Luiz de Bessa, na Praça da Liberdade, em BH, com transmissão ao vivo pela web, a segunda reunião do Conselho Aberto do novo programa da emissora, o Mulhere-se. No debate, organizado em Grupos de Trabalho, foram discutidos assuntos ligados à articulação dos quadros do programa, abrindo, com isso, o diálogo com a sociedade a fim de garantir e ampliar o acesso do público na construção de uma TV cada vez mais democrática.

O encontro teve início com um vídeo que apresentou um panorama geral de como será o programa. Em seguida, foram organizados quatro grupos para debater as pautas a serem adotadas pela produção: Agência Mulhere-se, É Público, Bio e Conversações. “Foi um debate riquíssimo com a participação expressiva de mulheres de todos os segmentos. A ideia é que seja um espaço de discussão de propostas e de trabalho coletivo”, ressaltou Ana Tereza Brandão, diretora de Programação e Produção da Rede Minas.

Foram discutidas ao mesmo tempo questões sobre a igualdade de gênero e o empoderamento feminino no cotidiano, incluindo temas transversais como a utilização dos espaços públicos, histórias inspiradoras de mulheres, plenitude da mulher entre outros tópicos. “Se você abre um espaço para que as mulheres digam o que pensam e o que esperam, certamente esse programa vai atingir mais o objetivo a que ele se destina”, observou Gabriela Romanelli, coordenadora de Políticas para as Mulheres de Contagem, que participou dos dois Conselhos Abertos realizados pela Rede Minas.

Com previsão de estreia para março, o “Mulhere-se” pretende abordar a pluralidade do ser mulher e dar visibilidade a suas questões, histórias, percepções, emoções e lugares através de temas como arte, política, diversidade cultural e construção social das imagens e do papel das mulheres. O principal objetivo é contribuir para a perspectiva da TV pública como lugar das mulheres, colaborativo e democrático para elaboração de discursos.

       

Deixe um comentário