Rede Minas apresenta programação em comemoração aos 300 anos de Minas

Em 1720 o rei de Portugal Dom João V criou a Capitania de Minas Gerais, separando então o território da Capitania de São Paulo e Minas do Ouro. Essa grande história completará 300 anos no dia 2/12/2020 e, claro, a Rede Minas preparou uma programação especial para marcar a data.

Nesta semana, do dia 30/11 a 4/12, Brasil das Gerais, a cada dia, vai levar ao ar uma atração diferente, com as curiosidades por trás da história do estado, o famoso “jeitim” mineiro, a gastronomia, as riquezas e maravilhas de Minas e os personagens e lendas que sobrevivem na memória da população. Para falar sobre esses diferentes aspectos, o BG vai receber historiadores, jornalistas, especialistas e outras personalidades ligadas à história de Minas Gerais.

No primeiro programa o destaque é a história registrada nos livros, a memória oral e os fatos e peculiaridades que contribuíram para a formação do povo. Já na terça, comportamento, hábitos e até a linguagem carinhosamente chamada de “mineirês” entram em discussão. Uma das maiores marcas do estado, a gastronomia, foi o tema escolhido para marcar a data na qual o tricentenário de Minas Gerais é comemorado, na quarta-feira, dia 2 de dezembro. No dia seguinte, quinta-feira, é vez de falar das cidades, os locais e as suas diversas atrações (das igrejas às fazendas, passando pela festas e pela riqueza arqueológica). A semana em que o Brasil das Gerais comemora os 300 anos de Minas se encerra, na sexta, trazendo os grandes personagens do estado e as lendas mineiras para um bate-papo. Os nomes são muitos, de Santos Dumont a Dona Beija e, até, o ET Varginha. Confira abaixo a programação completa:

Brasil das Gerais – especial “Minas 300 anos” – 30/11 a 4/12, às 17h30
30/11 – Curiosidades sobre a formação do estado / Causos da nossa história
Convidados: Silvia Rachi, professora e doutora em História. Fernando Gabeira, jornalista. Antônio Grassi, ator.
01/12 – Família, tradição e comportamento / ‘Jeitim’ mineiro
Convidados: José Newton Meneses, historiador e diretor do Centro de Estudos Mineiros da UFMG. Milton Bicalho, mestre em psicologia social.
02/12 – Conhecendo Minas pela comida / ‘Cafezim’ com pão de queijo
Convidados: Rosilene Campolina, chef. Edson Puiati, chef.
03/12 – Relíquias mineiras / Coisa nossa
Convidados: Júlia Calvo, historiadora. Michele Arroyo, presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha).
04/12 – Personagens e lendas mineiros / Gente da gente
Convidados: Carlos Felipe Horta, jornalista e folclorista. José Moreira de Souza, sociólogo.

Foto do meio: Alexandre Siqueira (Embratur)

Série jornalística
Começando na data da comemoração, quarta-feira, 2/12, as duas edições do Jornal Minas vão exibir uma série de três reportagens que marcam os 300 anos de Minas.

Na primeira reportagem a equipe de jornalismo traz uma análise sobre contexto histórico e os fatos que levaram a Coroa Portuguesa a criar a capitania. Fogão a lenha, oratório, os sinos de nossas catedrais, o queijo de nossas mesas… esses são alguns dos símbolos que embasam nossa “mineiridade” e também o tema da segunda reportagem. A série é encerrada com uma reportagem que mostra a importância das manifestações artísticas dos mineiros, como o barroco do mestre Aleijadinho que deixou um legado estético e cultural para a humanidade.

Jornal Minas – Série especial “Minas 300 anos” – às 12h30 e às 19h30
02/12 – Contexto histórico da criação da Capitania de Minas Gerais
03/12 – Símbolos da “mineiridade”
04/12 – Manifestações artísticas

Opinião Minas

Minas e a sua pujante cultura entram em destaque também na programação do Opinião Minas. A contribuição de arte mineira para o mundo é o tema da entrevista com Fabiano de Paula, historiador e arqueólogo, que vai ao ar na quarta-feira, 2/12, às 20h30.

Deixe um comentário