R$ 10 milhões em investimentos iniciais para a Rede Minas

Audiência Pública

Em Audiência Pública realizada pela Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na tarde dessa quarta-feira, 12 de agosto, no Teatro da ALMG, para debater as dificuldades e o futuro da Fundação TV Minas Cultural e Educativa (Rede Minas), o presidente da emissora Israel do Vale anunciou, em primeira mão, que o governo do Estado investirá R$ 10 milhões para dar início a uma primeira etapa de reestruturação da TV.

Israel do Vale destacou também que esse é o primeiro aporte dos R$ 22 milhões necessários a serem destinados à Rede Minas para sua reformulação. Além disso, entre as propostas que permearam a discussão na Audiência, estavam as melhorias de condições de trabalho e de carreira dos servidores da emissora, a construção de uma TV plural e que atinja a todos os municípios do Estado, a formação e a atuação mais participativa do Conselho Curador, a mudança para a nova sede, no Barro Preto, e a ampliação do debate acerca da criação da Empresa Mineira de Comunicação, projeto que envolve também a Rádio Inconfidência.

Durante o evento, servidores relataram as dificuldades em relação ao plano de cargos e salários vigentes na Fundação, como um dos resultados dos debates na Audiência Pública, e foi aprovado um requerimento, de autoria dos deputados Bosco, Celinho do Sinttrocel, Thiago Cota e Cristina Corrêa, para que se corrijam os problemas jurídicos, estruturais e de carreira dos servidores da Rede Minas, formalizando, assim, de modo institucional, e por meio da Presidência da Assembleia, os trabalhos a serem realizados pela casa nesse sentido.

Foi apresentado também requerimento para as Comissões de Cultura e de Trabalho, Ação Social e Previdência da Assembleia que integram a Comissão criada no âmbito do executivo estadual, que conta com a participação dos servidores da Rede Minas, para busca de soluções concretas relativas aos problemas apresentados.

Além do presidente da Rede Minas e dos deputados mencionados, com participação também do deputado Durval Ângelo, estavam presentes à Audiência Bernardo da Matta Machado, subsecretário de Estado de Cultura, Geraldo Antônio Henrique da Conceição, diretor-coordenador do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos), Kerison Lopes Santos, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, e Romina Farcae, diretora da Associação dos Servidores Públicos da Rede Minas (Asprem).

       

Deixe um comentário