Finais de semana do Natal e Ano Novo têm programação festiva

Além dos filmes, concertos e documentários que estão agitando a Rede Minas neste mês de dezembro, preparamos uma programação especial para embalar os dias de celebração do Natal e Ano Novo. Do rap à música clássica, de ritmos e histórias urbanas contemporâneas à tradição e à interpretação da mais famosa história de paixão proibida, as atrações prometem inspirar o clima de reflexão, alegria, união e esperança da época.

A música toma conta da programação na véspera de Natal, 24, com shows inéditos de Rodrigo Borges (15h), Orquestra Mineira de Rock (17h), do Clube do Choro (21h30) e do Conjunto Época de Ouro (22h30), além da exibição da primeira parte do registro de sessões de música do projeto DelegasCia (18h), de Thiago Delegado.

Já no dia 25 tem um Arrumação especial de Natal às 11h, e às 12h30 a história de Belo Horizonte se revela com a construção do Presépio do Pipiripau. À tarde serão exibidos dois documentários, Serra do Espinhaço (16h) e Cultura do Ódio (16h30). Às 17h, tem a continuação do clima descontraído da DelegasCia. Às 18h, é hora de conferir, na íntegra, a ópera Romeu e Julieta. Às 21h tem o filme Feliz Natal e, em seguida, a apresentação do Quinteto Violado, às 22h.

A música embala a passagem de Ano Novo. Às 16h tem o ritmo de Moraes Moreira e às 21h o show de Eumir Deodato. Às 22h, a Rede Minas apresenta o show ao vivo de Flávio Renegado. Vai ter samba na virada, com um Samba na Gamboa especial que começa às 23h30. Pensando na ideia de aproveitar a vida de forma saudável e positiva, o ano da Rede Minas começa com uma reflexão do Sou 60 sobre o que é envelhecer, às 9h30. A noite é de romance, com um concerto com obras de Beethoven, às 20h, e solidariedade, com o filme O Contador de Histórias.

Confira abaixo os detalhes das atrações dessa programação especial:

Natal Rede Minas

SÁBADO – 24/12

15h – RODRIGO BORGES
Samba, MPB, bossa nova e jazz no Hypershow, que apresenta um show do cantor e compositor Rodrigo Borges, repleto de participações especiais como Roger Deff; Lô Borges; Marilton Borges; Daniel Jobim e ainda Milton Nascimento.

17h – ORQUESTRA MINEIRA DE ROCK
O Alto-Falante traz a apresentação da orquestra formada pela união das bandas Cálix, Cartoon e Somba, que mistura clássicos do rock, temas consagradas de música erudita e homenagens a grandes compositores mineiros, com repertório autoral das três bandas.

18h – DELEGASCIA AO VIVO – 1ª PARTE
DelegasCia é uma jam session que acontece semanalmente na A Casa de Cultura, na região sudeste de Belo Horizonte, e tem como anfitrião o músico Thiago Delegado. O projeto virou um documentário que reúne performances musicais, depoimentos, entrevistas e imagens de arquivo, buscando transportar o clima que permeia o ambiente das sessões que recebem sempre um público animado. Mateus Bahiense, Sérgio Danilo, Sérgio Pererê, Gustavo Maguá, Ricardo Acácio, Aline Calixto, Diza Franco, Samy Erick, Warley Henrique, Flávio Renegado são algumas das canjas registradas.

21h30 – CLUBE DO CHORO DE BH
O Noturno traz a apresentação comemorativa dos 10 anos do Clube do Choro de Belo Horizonte, que contou com a participação do grupo de choro e convidados, entre eles o bandolinista Hamilton de Holanda, reconhecido como um dos maiores músicos solistas de choro do Brasil, o jovem bandolinista Ian Coury, de Brasília, e o sócio decano Hélio Pereira.

22h30 – TODAS AS BOSSAS
Vai ter mais choro no Natal, com o Conjunto Época de Ouro, o mais tradicional conjunto de choro em atividade no Brasil. O grupo é o convidado da estreia da nova atração de shows da TV Brasil, Todas as Bossas.

DOMINGO – 25/12

11h – ARRUMAÇÃO DE NATAL
A jardineirinha do Arrumação não chegou a virar trenó, mas a atração preparou um especial natalino com direito a canja e interpretações de Saulo Laranjeira. Embarcam nesse especial o violonista e arranjador Gilvan de Oliveira, o acordeonista Toninho Ferragutti, o compositor e vocalista Podé Nastácia, o cantor Saldanha Rolim, o ator e músico Tuca Graça e a banda Arrumação.

12h30 – PIPIRIPAU, O MUNDO DE RAIMUNDO
História, arte e fé. A história de Belo Horizonte e do Presépio do Pipiripau, uma das grandes tradições natalinas de Minas Gerais, é recuperada no documentário “Pipiripau, O Mundo de Raimundo”, do diretor Aluizio Salles Jr. No filme, o mineiro e contador de casos Raimundo Machado, com sua admirável memória, conta a história da construção do presépio e também de Belo Horizonte, uma vez que o artesão começou a criá-lo em 1906 e só parou em 1988, quando faleceu. A narrativa ancora-se em entrevistas realizadas em áudio, em 1984, pela professora Vera Alice Cardoso Silva, titular do Departamento de Ciência Política da UFMG, que revelam a história de vida de Raimundo Machado. O documentário permite um passeio por dentro da obra e a oportunidade de conhecer de perto seus detalhes, bastidores e, consequentemente, o próprio mundo do artista.

16h- SERRA DO ESPINHAÇO
Um registro do 2º Encontro dos Povos do Espinhaço, realizado em 2016 em Tabuleiro, acolhedor distrito de Conceição do Mato Dentro, e que contou com rodas de conversa, vivências e apresentações culturais de grupos e mestres da saberia popular da região. A ocupação da cordilheira, que é a maior do Brasil, é milenar e reúne diversos grupos tradicionais, como indígenas e quilombolas. Produzido pela Rede Minas, o documentário tem direção de Luiz Matoso.

16h30 – CULTURA DO ÓDIO
Documentário sobre a intolerância vivenciada nas redes sociais, na política, no futebol e o ódio direcionado às chamadas minorias. A filósofa Márcia Tiburi e o psicanalista Fábio Belo falam sobre a cultura do ódio no Brasil e como podemos evitar esse sentimento entre as pessoas. Produzido pela Rede Minas, a direção é de Leandro Lopes.

17h – DELEGASCIA AO VIVO – 2ª PARTE
O clima da DelegasCia de Thiago Delegado continua com mais performances musicais e papos descontraídos com músicos da cidade e de fora.

18h – ÓPERA ROMEU E JULIETA
O Harmonia especial traz na íntegra a versão operística do romance Romeu e Julieta, do compositor francês Charles-François Gounod. Em homenagem aos 400 anos da morte de William Shakespeare, a Fundação Clóvis Salgado reuniu seus três corpos artísticos para essa montagem com ares contemporâneos: a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, o Coral Lírico de Minas Gerais e a Companhia de Dança Palácio das Artes. A história da paixão proibida entre dois jovens de famílias rivais, ganhou vida pelas mãos do diretor cênico Pablo Maritano e conta com regência de Silvio Viegas, titular da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

21h – FILME “FELIZ NATAL”
Na programação de Natal, não poderia faltar um filme. Na ficção dirigida por Selton Mello, o espírito natalino inspira um momento de reflexão e autoconhecimento. O filme conta a história de Caio, 40 anos, que às vésperas do Natal pega sua mochila e sai do interior rumo à capital para rever seus parentes, amigos. Nesse processo, acaba reencontrando um homem que não via há muito tempo: ele mesmo.

22h – QUINTETO VIOLADO
O Quinteto Violado comemora 45 anos de estrada reunindo momentos marcantes dessa trajetória e homenageando grandes mestres da música brasileira, como Luiz Gonzaga, Humberto Teixeira, Geraldo Vandré e Dominguinhos. O Especial, exibido em parceria com a TV Brasil, foi gravado no Clube do Choro de Brasília.

Ano Novo da Rede Minas

SÁBADO – 31/12

16h – MORAES MOREIRA
No Hypershow, a apresentação do cantor e compositor Moraes Moreira, ao lado do músico Marcos Moleta, mistura ritmos como frevo, baião, rock, samba e choro.

21h – EUMIR DEODATO
O Noturno resgata o show do pianista Eumir Deodato no Tudo é Jazz 2014. Como compositor, arranjador, produtor e instrumentista, Deodato participou da gravação de cerca de 500 discos, além de ganhar mais de 15 discos de platina durante a sua carreira, tendo trabalhado com ninguém menos que Frank Sinatra e Aretha Franklin.

22h – FLÁVIO RENEGADO – SUAVE AO VIVO
A sonoridade urbana do cantor e compositor Flávio Renegado embala a noite de Ano Novo da Rede Minas com a apresentação Suave ao Vivo, realizada em 2013 no Parque Municipal de Belo Horizonte, que contou com a presença de convidados especiais como o grupo Meninas de Sinhá (do Alto Vera Cruz, como Flávio) e os cantores Rogério Flausino (Jota Quest) e Aline Calixto. Com direção musical de Liminha e Kassin, além da direção artística de Gringo Cardia, o show traz um apanhado de composições dos dois primeiros álbuns do cantor, Do Oiapoque a Nova York (2008) e Minha tribo é o mundo (2011). Estão no repertório canções como Meu canto, A coisa é séria, Mil graus, Zica e Suave.

23h30 – SAMBA NA GAMBOA ESPECIAL
Amizade, música e arte. A virada vai ser ao som de uma edição especial do Samba na Gamboa, com duas horas de duração. O programa musical, exibido em parceria com a TV Brasil, faz uma retrospectiva com as melhores apresentações da temporada, relembrando muitas rodas de samba, papos e cantorias inesquecíveis com grandes nomes da música popular. Participam dessa festa comandada por Diogo Nogueira personalidades como Baby do Brasil, Fafá de Belém, Fernanda Abreu, Maria Rita, Elza Soares, Gabriel o Pensador, Mr. Catra, Rogê, Luiz Caldas, Geraldo Azevedo e Quarteto em Cy.

DOMINGO – 01/01

9h30 – O QUE É ENVELHECER?
2016 foi o ano de estreia do programa Sou 60, que relembra muita gente bacana que passou pelo programa mostrando como dar vida aos anos que conquistamos e dá início a 2017 com um programa especial que reflete sobre o que é envelhecer.

20h – BEETHOVEN
O Harmonia começa o ano com o grande nome do romantismo musical, Beethoven. Interpretado pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o repertório traz a abertura Zur Namensfeier e a Sinfonia nº 3 “Eroica”.

21h – O CONTADOR DE HISTÓRIAS

Baseado em uma história real, o filme acompanha a vida de um menino cheio de imaginação que, nos anos 70, é deixado pela mãe em uma entidade assistencial, a Febem. Após incontáveis fugas, ele é classificado como “irrecuperável” e se torna objeto de estudo de uma pedagoga francesa, que tenta se aproximar dele. O filme mostra como a solidariedade deu um novo rumo à sua vida.
Direção: Luiz Villaça / Produção: Denise Fraga / 2009 / Classificação indicativa: 12 anos

       

Deixe um comentário