Programação de cinema em outubro

A faixa de cinema de outubro, que vai ao ar às terças, às 22h30, com reapresentação aos domingos, às 23h, começa com o som dos sinos históricos de Minas Gerais. Confira a programação completa, que ainda conta com a reapresentação do documentário 18 Km, sobre o universo da Lagoa da Pampulha, que foi lançado no mês passado na Rede Minas.

Faixa de Cinema - outubro

DIA 03 – ENTOADOS

Os sinos falam. Sinos e sineiros de cidades históricas de Minas Gerais pontuam a vida de seus moradores desde o nascimento até a morte. Os toques de sinos celebram, com repiques e dobres, os acontecimentos do dia-a-dia e as festividades locais. Desde a atávica percussão na pedra ao artesanato metalúrgico do fundidor, essa secular forma de expressão é narrada por seus próprios realizadores – aprendizes, jovens praticantes e mestres sineiros – que revelam casos e segredos dos mais simples aos mais complexos chamados que as vozes dos sinos podem emitir. A voz do homem traduz a voz do bronze, tão entranhada na cultura de um povo. Saber ouvir a linguagem sineira é poder usufruir desta arte que ainda sobrevive por meio do raro ofício dos sineiros.

Direção: Jason Barroso Santa Rosa e Rodolfo Magalhães

DIA 10 – 18 KM

18 Km é a distância para se percorrer o entorno da lagoa da Pampulha em Belo Horizonte. Neste percurso encontramos diversos personagens que têm suas vidas ligadas à região. Ali trabalham, se divertem, moram. São protagonistas de inúmeras histórias. Em cada quilômetro, um aspecto desse microcosmo de experiências humanas.

Direção: Bellini Andrade

DIA 17 – TRAVESSIA DE OLHARES

Travessia de Olhares é um documentário sobre juventude e violência no Brasil. Quatro jovens com diferentes experiências de vida (rico, pobre, negro, branco – em conflito com a lei ou não) irão nos apresentar seu ponto de vista sobre criminalidade e responsabilidade enquanto se discute a diminuição da maioridade penal no país.

Direção: André Hallak

       

Deixe um comentário