Plataforma com conteúdos da Rede Minas e da Rádio Inconfidência será lançado na próxima terça (14)

Aplicativo e site da EMCplay oferecem conteúdos especiais e gratuitos da TV e rádio e muito cinema mineiro.

O consumo de vídeos online se tornou uma realidade e a pandemia turbinou ainda mais o streaming, que disparou em popularidade nos últimos meses. Em 2022, pela primeira vez as assinaturas de serviços de streaming ultrapassam a marca do bilhão, ao atingir 1,1 bilhão de assinaturas no mundo, segundo relatório da Motion Pictures Association. Acompanhando essa evolução, a Empresa Mineira de Comunicação (EMC), que une a Rede Minas e a Rádio Inconfidência, cria mais uma janela de exibição para os conteúdos das emissoras, é a EMCplay – plataforma de streaming, que também inclui cinema mineiro e conteúdos audiovisuais que valorizam a identidade, o patrimônio, a cultura, os atrativos e as singularidades de Minas Gerais, tudo de graça, na palma da mão, em qualquer lugar e a qualquer momento. A première da EMCplay será dia 14 de junho, terça-feira, às 19h30, em um espaço simbólico para o audiovisual mineiro, o Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, que faz homenagem ao cineasta mineiro, um dos pioneiros do cinema nacional.

A EMCplay já nasce contando com o rico conteúdo das emissoras públicas consideradas patrimônio dos mineiros, a Rádio Inconfidência, com 85 anos de história, e a Rede Minas, com 37, guardam parte da memória artística e cultural de Minas Gerais. Esse acervo poderá ser revisitado na nova plataforma de streaming que irá apresentar conteúdos marcantes e especiais, como shows e espetáculos que só a Rede Minas registrou. Entrevistas, reportagens e programas carregados de memória afetiva, como Leila Entrevista, Arrumação, especiais do Agenda, Alto Falante, Brasil das Gerais, estarão disponíveis. “Convidamos alguns apresentadores que fizeram parte da história da Rede Minas para selecionarem os melhores programas, vamos revisitar esse passado, com essa curadoria atualizada, projetando para o futuro” ressalta Sérgio Rodrigo Reis, presidente da EMC.

A produção audiovisual mineira também tem a EMCplay como vitrine, que disponibilizará obras que são apresentadas em mostras e festivais. São curtas e longas metragens realizados por mineiros ou que retratam o estado sob diferentes olhares. Alguns títulos que participaram dos editais de audiovisual da LAB – Lei Aldir Blanc – estarão disponíveis na plataforma, além de obras obtidas por meio de parcerias. Todo conteúdo será selecionado pelo Grupo de Trabalho Curador da EMCplay, formado por servidores da empresa e representantes da sociedade civil.

Outro destaque é a possibilidade de conferir ao vivo as programações da Rede Minas e da rádio Inconfidência AM e FM, tudo reunido na EMCplay que pode ser acessada pelo site emcplay.com ou pelo aplicativo no Google Play e Apple Store.

Streaming – a nova realidade
Em fevereiro de 2021, a Kantar Ibope Media divulgou a pesquisa “Inside Video – A (re)descoberta”. O levantamento mostra que a TV reina nos lares. Em 2020, 204 milhões de brasileiros acompanharam a tela grande por 7h09 diariamente – 37 minutos a mais do que o ano anterior. O aparelho se tornou um aliado das novas tecnologias, utilizado para o acesso a vídeos online. De acordo com a pesquisa, 58% das pessoas responderam que viram mais vídeos e TV online por streaming gratuito durante a pandemia. Esse número salta para 68% das pessoas por streaming gratuito. Em se tratando das produções audiovisuais gratuitas, o mercado no Brasil por esse tipo de conteúdo é maior: 80% dos brasileiros assistem a vídeos onlines gratuitos, enquanto no mundo esse número é de apenas 65%. A Empresa Mineira de Comunicação cumpre sua missão oferecendo conteúdos informativos e cativantes sobre os atrativos do estado, a produção cinematográfica mineira e os conteúdos culturais e educativos produzidos pelas emissoras públicas mineiras.

Acesse: emcplay.com

Deixe um comentário