Oscar Vilhena fala sobre Direitos Humanos no Voz Ativa

O programa desta segunda-feira, 25 de junho, às 22h15, dá Voz Ativa ao jurista Oscar Vilhena, professor de Direito Constitucional da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O tema do programa são os Direitos Humanos.

Vilhena discorre sobre a posição do Brasil como país onde mais se matam ativistas de direitos humanos, sobre o papel do STF, suas posturas, e também discute com a bancada sobre o papel da mídia nesse processo.

Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), mestre em Direito pela Columbia University, nos EUA, doutor em Ciências Políticas pela Universidade de São Paulo (USP). Foi Procurador do Estado em São Paulo e Diretor Executivo do Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime (ILANUD).

Oscar Vilhena é colunista do jornal “Folha de São Paulo”, autor de vários livros, entre eles “Estado de direito e o desafio do desenvolvimento” (Editora Saraiva, 2011) e um dos organizadores do livro “Direitos Humanos e Vida Cotidiana”, pela Editora FGV, lançado em 2017.

Para a entrevista, o apresentador Florestan Fernandes Júnior conta com as participações na bancada dos jornalistas Maria Teresa Cruz, do Portal Ponte Jornalismo; Simone Pio, da Rede Minas; Afonso Benites do El País Brasil; Letícia Aleixo, mestre em Direito e Orientadora da Clínica de Direitos Humanos da UFMG e Andréia Roseno, cantora popular e assistente social da Rede de Mulheres Negras-MG.

materiavozativa_oscarvilhena

O programa também é transmitido ao vivo pela webaqui no site da Rede Minas  e na página do programa no Facebook, e também conta com cobertura no Twitter. A reapresentação na Rede Minas é sábado, às 21h45. Em edição especial para rádio, o Voz Ativa é apresentado às terças-feiras, às 21h, na Inconfidência FM. Aos domingos, o programa vai ao ar pela Inconfidência AM às 22h.

Voz Ativa oferece canais abertos com o público para poder comentar, sugerir temas e entrevistados via redes sociais, nos seguintes endereços: FacebookTwitterInstagram e YouTube.

       

Deixe um comentário