Interior mineiro na Faixa de Cinema desta sexta

A Faixa de Cinema desta sexta-feira, 10/12, às 23h, apresenta traz três obras do diretor Bruno Bennec. Seja em documentário ou ficção, o cineasta abraça em seus filmes o vasto universo do interior mineiro. As três obras em cartaz são “A Luta”, “A Lenda do Caboclo D’Água” e “Serial”.

Inspirado num fato real, “A Luta” conta a história do garoto Tininho, morador do pequeno distrito do Divisório, na Zona da Mata de Minas Gerais, e sua expectativa sobre a luta de boxe histórica entre o americano Joe Louis contra Max Schmeling, alemão símbolo da política racista de Hitler.

Em “A Lenda do Caboclo D’Água“, os moradores de Barra Longa, município do interior de Minas Gerais, revelam algumas experiências que tiveram e seus medos do Caboclo D’Água. A lenda encanta e assombra a pequena cidade desde a época da exploração do ouro, o garimpo. Com a tragédia ambiental que ocorreu em Mariana em 2015, o lar do lendário Caboclo D’Água terá morrido também?

Serial” é um curta-metragem filmado na cidade Muriaé/MG em 2009, que registra uma das maiores enchentes da história, que deixou a cidade destruída. No filme, um psicopata rico e poderoso se prepara para atacar mais uma vez, enquanto a cidade sofre com a devastadora enchente do Rio Muriaé.

Bruno Bennec é ator, diretor e produtor. É também o fundador da Escola Municipal de Teatro Gregório de Mattos Guerra na Fundação de Cultura e Artes de Muriaé, MG. Começou sua carreira como ator no teatro e na adolescência começou a dirigir seus próprios espetáculos e filmes curtos. Bennec se prepara para rodar seu novo filme, “Sacis” que começa a preparação em dezembro de 2021 nas cidades de Cataguases, Muriaé e Leopoldina em Minas Gerais, através do Polo do Audiovisual da Zona da Mata.

Deixe um comentário