Filme rodado em Cataguases e Lisboa é destaque na Faixa de Cinema

combo2

Candidata à Rede de Cidades Criativas da Unesco no campo da arte cinematográfica, Cataguases é a homenageada na Faixa de Cinema, sexta, 17/05, às 23h45, com o filme Estive em Lisboa e lembrei de você.

A ligação do longa com a cidade começa pelo roteiro do diretor português José Barahona, baseado no romance homônimo do cataguense Luiz Rufatto. Co-produzido pela Refinaria Filmes, Mutuca Filmes e David & Golias, o filme tem cenas rodadas em Lisboa e em Cataguases, com grande participação de profissionais locais. Desde seu lançamento, percorreu festivais no Brasil, Portugal, França e Uruguai, entre outros países.

A obra retrata a vida de Sérgio que, depois de um casamento frustrado, perde o emprego e o contato com o filho. Ele decide então emigrar para Portugal. Lá, corre a lenda, é possível recompor a vida e fazer um bom pé de meia para depois retornar à terra natal. Cheio de sonhos, Sérgio parte para Lisboa, onde é confrontado com a dura realidade da imigração, bem diferente daquilo que sonhou.

Estive em Lisboa e lembrei de você

Estive em Lisboa e lembrei de você é fruto do Polo Audiovisual da Zona da Mata.
Criado em 2002 e localizado em Cataguases, o Polo é um arranjo regional inovador, liderado pela sociedade civil em parceria com fundações do terceiro setor, universidades, empresas e governos, voltado para o fomento da economia criativa como novo vetor de desenvolvimento sustentável nas cidades da região, tendo o Audiovisual e as Tecnologias Digitais como segmentos estruturantes.

Ficha técnica

Direção e Roteiro: José Barahona
Produção: Carolina Dias (Refinaria Filmes – Brasil)
Co-Produção: Fernando Vendrell (David & Golias – Porgugal)
Mônica Botelho (Mutuca Filmes)
Fotografia: Daniel Costa Neves
Som: Pedro Sá Earp
Montagem: José Barahona / Patrícia Saramago
Edição e Mixagem: Tiago Matos
Música: Felipe Ayres
Produção Associada: Raquel Leiko
Direção de Arte: Flávia Massena / João Pedro Frazão
Figurino: Margareth Amorim /João Pedro Frazão
Assistente de direção: Felipe Ruffato / Ângela Sequeira
Direção de produção: Antônio Ferreira / Joana Cunha
Produção local Cataguases: Francisca Braga

       

Comentários

  • Por Cláudia Léa - em Responder

    Quando brasileiro mostra seu talento, mostra com força. Tenho orgulho de ser brasileira e ter pessoas deste talento gigante trabalhando e levando nosso nome (Brasil) ao mundo todo. Parabéns brasileiro de talento.

Deixe um comentário