Festa Junina em BH, o Rei do Caldo de Mocotó e um hotel fechado na Faixa de Cinema de 19/10

Faixa de Cinema - 19/10

Cultura popular e locais tradicionais em destaque na Faixa de Cinema desta sexta, 19/10, às 23h45, que apresenta três curtas. Das quadrilhas de festa junina, passando por um tradicional bar no centro de BH, até o isolamento de um hotel, veja o que vem por aí:

BREJO GRANDE – FESTAS JUNINAS

Uma obra homenagem a um grupo de dançarinos de quadrilha formado no início dos anos 70 pelo patriarca de uma família, Sr. Edmundo. Depoimentos revelam os valores que marcam a união e o amor dessas pessoas ao grupo e em paralelo é apresentada a origem das festas juninas, características e transformações, numa linha de tempo e espaço que chega ao quintal do Sr. Edmundo no bairro Caiçara e ao mais tradicional concurso de quadrilhas de Belo Horizonte, o Arraial de Belô.

Roteiro: Marinho Antunes | Direção: Marinho Antunes e Elvimar Araujo

ENTRE AMAZONAS E TUPIS

Através das vozes de diversos clientes, somos inseridos no cotidiano do Nonô, o Rei do Caldo de Mocotó, bar localizado entre a Avenida Amazonas e a Rua Tupis, em Belo Horizonte. Com 55 anos de história, o estabelecimento serve como um ponto de vista a partir do qual a capital mineira é olhada e observada. Nos diversos encontros e casos que ali se dão, nos tornamos espectadores das vivências do centro da cidade.

Direção e montagem: Luiza Garcia | Diretor de Produção: Breno Alvarenga | Produção Executiva: Bárbara Monteiro | Roteiro: Bárbara Monteiro / Breno Alvarenga / Luiza Garcia | Fotografia: Breno Conde | Som direto: Bárbara Monteiro | Edição e mixagem de som: Flora Guerra | Design: Izabela Brant

MINAS HOTEL

No Minas Hotel, fechado pela vigilância sanitária, vivem sozinhos Dona Lota, Carlinhos e Dita.

Direção e Produção: Marília Lima | Fotografia e edição: Nilson Alvarenga | Som: Louise Raiola | 1º Assistente de câmera: Cris Magalhães

       

Deixe um comentário