Fé e mineiridade marcam estreia da Faixa de Cinema em 2022

Créditos: Ronaldo Café / Vitor Martins

Com fé e mineiridade a Faixa de Cinema estreia a programação de 2022, nesta sexta (07), às 23h. Em cartaz, documentários sobre tradições e a religião no interior do estado: “Pai, Filho e Espírito Santo”, de Wagner Indaiá, e “100 Anos de Folia Velha”, da Lacônico Filmes.

“Eu quero convidar vocês para ver o filme da roça. Primeiro, agora, eu vou rezar o Pai Nosso”. Assim a personagem tia Lia abre o filme “Pai, Filho e Espírito Santo”, dirigido pelo diretor e documentarista Wagner Indaiá. A senhora conta histórias da vida na zona rural, que também são narrados por outros personagens. Eles contam ‘causos’ e desafios da vida que foram superados pela devoção. O filme coloca, na vitrine, o modo de vida do homem do campo.

“Cem anos de Folia Velha”, da Lacônico Filmes, apresenta a importância da celebração da Folia de Reis para os moradores de Cordisburgo, na região central de Minas Gerais. O documentário mostra gerações que mantêm essa cultura centenária viva. A bandeira é que guia a história dessa tradição que, por meio da comitiva, espalha o nascimento do Jesus a toques de violas e cantos.

Deixe um comentário