Música e cinema embalam programação especial de fim de ano

Para nos despedirmos de 2015 e começarmos 2016 com o pé direito, preparamos uma programação especial para as semanas de Natal e Ano Novo. A alegria, a energia e a reflexão dão o tom da nossa programação, que tem apresentações inéditas do Hypershow com Alceu Valença, Luiz Melodia e a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais; cinema clássico com Charles Chaplin; tradição Natalina mineira com o filme sobre o Presépio Pipiripau e mais.

luizmelodiaosmg

alceuvalenca_redeminas1

MÚSICA

Em parceria com a TV Brasil, exibiremos no dia 24/12, às 22h, a montagem do clássico infantil russo Pedro e o Lobo, de Sergei Prokofiev, que conta com a participação de Adriana Calcanhoto e da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Às 23h30, o Partituras faz um Especial de Natal e, na noite de sábado, 26/12, às 22h, tem uma apresentação especial de Maria Bethânia, que celebrou 50 anos de carreira em 2015, com a Orquestra Afrosinfônica. Ainda nessa noite Marcus Viana, Sergio Perere e Zal Sissokho trazem os ritmos africanos e brasileiros ao Hypershow, às 23h15 (reprise às 15h30, dia 27/12), com o show do Famalé.

Encerramos 2016 ao ritmo de MPB, frevo e samba. No dia 31/12, às 22h (reprise dia 01/01, às 20h), o Hypershow inédito traz o show acústico do cantor e compositor pernambucano Alceu Valença, gravado em agosto de 2015, em Belo Horizonte. Revisitando a própria carreira, ele inclui no repertório canções como Papagaio do Futuro, Coração Bobo e Morena Tropicana. Às 23h, tem Samba na Gamboa especial.

No sábado, 02/01, às 23h30, (reprise às 15h30, 03/01) o Hypershow traz a apresentação de encerramento da temporada 2015 do projeto Sinfônica Pop, que tem Luiz Melodia como convidado da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Com arranjos orquestrais de Fred Natalino e Marcelo Ramos, compostos especialmente para o encontro, e regência do maestro Sérgio Gomes, o show dá roupagem erudita a sucessos do cantor.

Presépio do Pipiripau

chaplin

CINEMA

A partir do dia 22/12, o Festival Filme em Minas, com produções audiovisuais mineiras, passa a ser exibido às terças, às 23h. A programação do Festival se estende ao mês de janeiro.

Na véspera de Natal, recuperamos a história do Presépio do Pipiripau, uma das grandes tradições natalinas de Minas Gerais, exibindo o filme Pipiripau, O Mundo de Raimundo, do diretor Aluizio Salles Jr., às 20h (reprise dia 25/12 às 13h). Nele, Raimundo Machado conta a história da construção do presépio e também de Belo Horizonte, uma vez que o artesão começou a cria-lo em 1906 e só parou em 1988, quando faleceu.

Para celebrar um dos gênios do cinema, que encantou gerações com seu humor e inteligência, exibiremos o Festival Charles Chaplin, que vai ao ar nas madrugadas da semana de Natal e de Ano Novo. A série começa com O Grande Ditador, na quinta, 24/12, à 0h30. O Festival ainda exibe O Circo (sexta, 25/12 à 1h30), Luzes da Ribalta (sexta, 25/12, às 23h30), Monsieur Verdoux (domingo, 27/12, à 0h15), Luzes da Cidade (segunda, 28/12, à 1h30), Tempos Modernos (terça, 29/12, à 0h30), A Corrida do Ouro (quarta, à 0h30), O Garoto (quinta, 31/12, à 0h30).

No primeiro dia de 2016, exibiremos o documentário Um humanista por acaso escritor, sobre o autor português José Saramago, às 22h (reprise dia 02/01, às 18h30), e à meia-noite o filme Eles não usam black-tie, sobre um movimento grevista que afeta a relação de um casal. No sábado, 02/01, é a vez de conferir o documentário Terra Deu Terra Come, de Rodrigo Siqueira, às 22h (reprise dia 03/02, às 19h30). Nele, Pedro de Alexina, 81, conduz, como mestre de cerimônias, o funeral de João Batista, morto aos 120 anos, em uma narrativa que mescla a realidade, a representação e a ficção.

show_img (2)

JORNALISMO

Em clima de retrospectiva, cidadania e reflexão para o próximo ano, as produções do Núcleo de Conteúdos Especiais da Rede Minas têm destaque na programação. No dia 25/12, no horário do Jornal Minas 1ª e 2ª edições, às 11h30 e às 19h30, será exibida a série Excluídos, e no domingo, 27/12, às 23h, a série Violências Estruturais, sobre as violências muitas vezes imperceptíveis contra o cidadão. Na quinta, 31/12, vai ao ar o documentário Pertensença, sobre o sertão de Guimarães Rosa.

Já em 2016, serão exibidas as séries Ocupação Izidora, dia 01/01, às 11h30 e às 19h30, e Consciência Negra, dia 03/01, às 23h.

INFANTIL

O Natal também invade a nossa programação infantil. No dia 25/12, relembramos dois especiais de Natal do Dango Balango, às 11h e às 16h. Em parceria com a TV Cultura, exibiremos A Prata Mágica, às 9h45, O Elfo que Roubou o Natal, às 14h30, e Timmy e as Surpresas de Natal, às 15h40.

Além disso, temos outras mudanças na programação: as reapresentações do Brasil das Gerais saem do ar até a estreia da nova fase do programa, em 2016.

       

Deixe um comentário