Em clima natalino, história do presépio Pipiripau é destaque na Faixa de Cinema

Fotos: Cristiano Quintino

Em ritmo de Natal a Faixa de Cinema desta sexta-feira, 25/12, às 23h30, exibe o documentário “Pipiripau, o presépio mais encantado do Brasil” do diretor Aluizio Salles.

O filme conta a história do ainda garoto Raimundo, que saiu de Matozinhos com a família em busca de novas oportunidades na capital. Com apenas 12 anos, o menino dá início à criação do Pipiripau. O filme mostra toda a singularidade e engenho de Raimundo Machado, autor de uma obra de arte mecanizada que retrata e encanta os visitantes desde o início do século. Figuras e cenas que vão muito além da temática natalina e representam a cidade e os seus ofícios populares de então, tais como os ferreiros, músicos, marceneiros, sapateiros e outros. A complexa trama de carretéis, polias e contrapesos desenvolvida aos poucos por Raimundo, se utilizando de todo tipo de sucata e dos materiais simples que encontrava, criando um inacreditável mecanismo à semelhança das antigas oficinas de locomotivas a vapor.

Contar a história de Raimundo é contar a história de seu presépio e de Belo Horizonte, desde 1906 até hoje, através dos olhos de um homem que, com sua arte e engenho, criou uma obra ímpar e de eterno significado.

       

About The Author

Deixe um comentário