Documentário percorre história do vapor Benjamim Guimarães

A Rede Minas acompanhou, em 2013, durante quase dois meses, as viagens do vapor Benjamim Guimarães e mostra no documentário “Benjamim – O condutor de histórias”, que vai ao ar na Faixa de Cinema desta sexta (5), às 23h45, os protagonistas dessa história marcada pelas águas: da tripulação à população ribeirinha. O registro audiovisual documenta os saberes, hábitos, crenças e histórias das comunidades de Pirapora, Januária e seis municípios localizados entre as duas cidades.

Patrimônio de Minas Gerais, o Benjamim Guimarães é o único vapor movido à lenha no mundo. Construído em 1913 por uma empresa norte-americana, ele serviu, por muitos anos, para transporte de passageiros e cargas no rio São Francisco. Os anos passaram e o apito ainda soava, convidando turistas e moradores de Pirapora a embarcar na história do barco que navegava lentamente pelas águas do “velho Chico”.

 

 

O filme também ganhou espaço fora das telas. Em 2014, o público de oito cidades do Vale do São Francisco pode conferir, nas praças, a obra. O resultado desse trabalho foi disponibilizado em escolas e outras instituições desses municípios, em DVD.

Para abrir a sessão na Faixa de Cinema, a Rede Minas ainda apresenta uma breve entrevista do jornalista Rodrigo Castro com o idealizador do projeto Fábio Britto e o diretor Paulo Henrique Rocha. Os dois contam sobre a produção e a experiência de mostrar, através da lente da câmera, a grandiosidade do vapor e a cultura e tradição que o circundam.

Ficha técnica:
Idealização do projeto: Fábio Britto
Direção e edição: Paulo Henrique Rocha
Pesquisador e assistente de direção: Rodrigo Ávila
Produtor executivo: Gilmar Santos
Direção de fotografia: Eduardo Ávila
Editor finalizador: Guilherme Pedreiro
Arte: Daniel Brasil, Raquel Pinheiro, Robert Frank
Operador de som: Wanderson Salvo
Mixagem e masterização: Zero Zero Sete Design de Som
Iluminador: Niênio Izidoro
Contrarregra: Cleiton Félix
Maquinista: Luciano Juruna

       

Deixe um comentário