Curtas sobre favela, pichação e basquete na Faixa de Cinema

faixadecinema_02.11

O Faixa de Cinema do dia 02/11 vai destacar o cinema universitário, trazendo documentário, relatos de uma comunidade e a cultura do basquete para sua tela. São três curtas documentais retratando a realidade de uma parcela da sociedade. O processo de migração de uma comunidade, suas memórias e vivências. Triunfo e diversão na realidade do basquete de rua. Para completar, um bate papo como realizadores e profissionais sobre sociedade e representatividade.

➡ Favela em Diáspora (2017), de Gabriela Matos
Em meio a uma desapropriação, o que fica? Memórias de um povo que está à margem do asfalto. Moradores do Morro do Papagaio relatam, a partir de suas vivências, como o processo de migração compulsória realizado por um projeto da Prefeitura provoca uma ruptura em suas histórias.

➡ 3×3 (2017), de Guilherme Gnomo
As ruas. As quadras. Uma bola. Competição, glória e diversão. Seis Jogadores. Não precisa de mais nada, desde que sejam três contra três.

➡ Entrelinhas (2015) de Leandro Dantes e Raniery Fernandes
Uma outra perspectiva sobre a pichação na cidade de Belo Horizonte.

       

Deixe um comentário