Curtas do CINEFOOT encerram Faixa de Cinema de setembro

A Faixa de Cinema encerra o mês de setembro com mais programação futebolística. Na próxima sexta-feira, dia 27, às 23h45, cinco curtas-metragens de diretores mineiros misturam as cores dos clubes de Minas e da Seleção Brasileira trazendo emoção e história à tela da TV.

Os curtas fizeram parte da 10ª Edição do Festival CINEFOOT em BH, na categoria Mostra Minas Retrospectiva, que traz as produções mineiras mais emblemáticas de edições anteriores do festival. O CINEFOOT é o primeiro festival de cinema latino-americano dedicado à promoção e exibição de filmes de futebol.

Confira a programação:

O Decacampeão – 1 Torcida, 10 Atos, 1 Partida, 100 Anos

Través(Documentário, 3 min, cor, HD, Brasil, 2012)
É o Grande Dia, o Jogo do Centenário do América Mineiro, o Primeiro Decacampeão do Mundo. É a reinauguração de sua casa em 2012, o Estádio Independência, totalmente reformado e pronto para a grande festa. 100 Anos se passaram e sua torcida fanática e retratada nesse microdocumentário.
Ficha técnica
Direção e roteiro: Guilherme Penido
Fotografia: Vinícius Túlio
Produção executiva: A Produtora Audiovisual e Filmes Genéricos

 

Oito de julho – Jogo 61

Través(Documentário, 23 min, MG, 2013)
O que você estava fazendo naquela 3ª feira, quando a seleção brasileira de futebol entrava em campo para sofrer a maior derrota da sua história? “8 de Julho – Jogo 61” é o primeiro filme em caráter documental produzido pela Agência i7. A obra conta a visão de sete personagens que, de alguma forma, estavam envolvidos com a partida na qual a seleção alemã goleou a brasileira, por 7 a 1, no Mineirão, no resultado mais surpreendente de todas as copas do mundo.
Ficha técnica
Direção e roteiro: Rivelle Nunes
Fotografia: Pedro Vilela e Lucas Bois
Produção executiva: Rivelle Nunes
Imagens: Pedro Vilela, Lucas Bois, Yuri Edmundo, Rodrigo Beetz
Edição: Lucas Bois

 

Eterno, um capítulo incontestável

Través(Documentário, 7 min, cor, Brasil, 2017)
No dia 22 de junho de 1997, irmãos, primos e tios de uma família do interior de Minas Gerais lotaram uma Kombi e foram assistir uma partida do Cruzeiro contra o Villa Nova no estádio Mineirão. Acabaram por fazer parte de uma multidão de 132.834 torcedores. Aquele seria o “eterno recorde” de público segundo maior estádio do Brasil. Vinte anos depois, a Família Ribeiro se reuniu novamente para reviver aquele dia histórico em que a torcida do Cruzeiro escreveu um dos capítulos mais importantes de sua história.
Ficha técnica
Direção: Gustavo Nolasco e Leo Souza
Roteiro: Gustavo Nolasco
Produção: Bruno Mateus e Guilherme Guimarães
Edição: Natasha Vassou

 

Paixões

Través(Documentário, 10 minutos, cor, digital, Brasil, 2017)
O futebol é o segredo da longevidade de Dona Zuzu, 82 anos, Salomé Silva, 83, e Ana Cândida, de 97, a Vovó do Galo. Três torcedoras símbolos do América, Cruzeiro e Atlético, respectivamente, pela primeira vez reunidas no principal palco do futebol mineiro, o gramado do Mineirão.
Ficha técnica
Direção: Larissa Kumpel e Renan Damasceno
Imagens: Bruno Furtado, Gladyston Rodrigues, Larissa Kumpel, Leandro Couri e Renan Damasceno
Produção: Ana Clara Brant, Álvaro Duarte, Bruno Furtado, Laura Valente, Renan Damasceno, Sidney Lopes
Edição: Larissa Kumpel

 

O imortal do gelo

Través(Documentário, 31 min, cor HD. BH)
A partir das memórias do último Campeão do Gelo, Walter José Pereira, o Vavá, o documentário narra os obstáculos e desafios enfrentados pelo Clube Altético Mineiro na primeira e épica excursão de um clube profissional brasileiro à Europa, no distante ano de 1950.
Ficha técnica
Direção: Marcelo Reis e Emmerson Maurílio

       

Deixe um comentário