Cruzeiro x Atlético: histórias do maior clássico de Minas

E chegamos ao final de mais um clássico entre Cruzeiro e Atlético. Dessa vez, o resultado foi empate. O 1×1 do Mineirão contou com gols de Rafael Carioca para o Galo e de Leandro Damião para o Cruzeiro. O resultado manteve o Cruzeiro na liderança do Campeonato Mineiro, mas acabou por manter a invencibilidade de nove partidas do Atlético contra o rival.

Que o duelo entre os dois gigantes mobiliza as torcidas e mexe com os corações de cruzeirense e atleticanos, não é novidade para ninguém. Por isso, na última semana, fizemos uma homenagem ao clássico, listando quatro partidas que ficaram na memória da torcida. Confira abaixo os jogos escolhidos e as estatísticas do confronto pelo estadual, já atualizadas.

mclarenimitagalinha

MCLAREN BATEU ASAS
Hoje vamos relembrar o clássico válido pelo Brasileirão de 96, quando o Cruzeiro Esporte Clube encerrou uma série de seis vitórias seguidas do Clube Atlético Mineiro. O jogo ficou para história pela provocação de Paulinho McLaren que imitou uma galinha depois do gol da vitória.
03/11/96 – Cruzeiro 2×1 Atlético
Local: Mineirão | Público: 87.649 pagantes.
Árbitro: Cláudio Vinícius Cerdeira, RJ.
CRUZEIRO: Dida; Vitor, Jean, Célio Lúcio e Nonato; Léo, Donizete, Palhinha e Luis Fernando Flores (Da Silva); Cleison (Tico) e Paulinho Mclaren (Reginaldo) – Tec: Levir Culpi.
ATLÉTICO: Taffarel; Fábio Augusto, Ronaldo Guiaro, Rogério Pinheiro e Paulo Roberto (Helbert); Gutemberg, Doriva e Moacir; Euller, Renaldo e Leandro Tavares (Cleiton) – Tec: Eduardo Amorim.
GOLS: Palhinha (10’), Renaldo (30’) e Paulinho Mclaren (50’).

fábiogoldecostas
O DIA DO FÁBIO DE COSTAS
Na final do Campeonato Mineiro de 2007 mais um jogo para a história dos clássicos. O Clube Atlético Mineiro aplicou uma goleada de 4×0 sobre o Cruzeiro Esporte Clube, com direito a golaço de Danilinho e o histórico “gol de costas” que Fábio sofreu de Vanderlei.
29/04/2007 – Atlético 4×0 Cruzeiro
Local: Mineirão | Público: 40.605 pagantes.
Árbitro: Cléver Assunção Gonçalves, MG.
CRUZEIRO: Fábio, Luisão, Gladstone e Leonardo Silva; Jonathan, Ricardinho, Fellype Gabriel (Simões), Araújo e Gabriel; Nenê (Guilherme) e Geovanni (Maicosuel) – Tec: Paulo Autuori
ATLÉTICO: Diego Alves; Coelho, Marcos, Lima e Ricardinho;Rafael Miranda (Germano), Bilú, Danilinho e Marcinho; Galvão (Vanderlei) e Eder Luiz (Tchô) – Tec: Levir Culpi
EXPULSOS: Gladstone e Simões
GOLS: Eder Luiz (1’), Danilinho (37’), Marcinho (43′) e Vanderlei (44’).

6x1
O HISTÓRICO 6X1
O episódio que poderia ser o mais desastroso da história celeste se tornou a maior goleada do Cruzeiro Esporte Clube sobre o Clube Atlético Mineiro. Era a última rodada do Brasileirão 2011 e só uma vitória poderia salvar a raposa da queda. E ela veio em grande estilo, com um resultado que até hoje é lembrado pela china azul.
04/12/11 -Cruzeiro 6×1 Atlético
Local: Arena do Jacaré | Público: 18.500 pagantes.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique, MG.
CRUZEIRO: Rafael; Victorino, Naldo, Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Fabrício, Charles (Ernesto Farias) e Roger (Ortigoza); Wellington Paulista e Anselmo Ramon (Everton) – Tec: Vagner Mancini
ATLÉTICO: Renan Ribeiro; Carlos César, Réver, Leonardo Silva (Werley) e Richarlyson; Pierre, Serginho (Magno Alves), Felipe Souto e Daniel Carvalho; Bernard e André – Tec: Cuca
EXPULSOS: Wellington Paulista e Werley
GOLS: Roger (9’), Leandro Guerreiro (28’), Anselmo Ramon (33′) e Fabrício (45’) do 1º tempo. Wellington Paulista (11′), Réver (15′) e Everton (44′) do 2º tempo.

galocopadobrasil
GALO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL
Encerrando a série de posts sobre o clássico, o primeiro título da Copa do Brasil conquistado pelo Clube Atlético Mineiro, que foi justamente sobre seu maior rival. Com a vitória por 1×0 sobre o Cruzeiro Esporte Clube, o Galo levantou a taça, na histórica primeira final mineira em competições nacionais.
26/11/14 – Cruzeiro 0x1 Atlético
Local: Estádio Mineirão | Público: pagantes.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira, SP.
CRUZEIRO: Fábio; Ceará (Júlio Baptista), Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique (William Farias), Nilton, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (Dagoberto); William e Marcelo Moreno. – Tec: Vagner Mancini
ATLÉTICO: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Leandro Donizeti, Rafael Carioca (Pierre), Lua (Maicosuel) e Dátolo; Tardelli e Carlos. – Tec: Levir Culpi
EXPULSOS: Leandro Donizeti
GOLS: Diego Tardelli (47’) do 1º tempo.

cruzeiroxatletico_mineiro

       

Deixe um comentário