Cenário político brasileiro em discussão no Voz Ativa com a vereadora Áurea Carolina

Uma geração de ativistas, com origem em diferentes movimentos sociais, estão respondendo à desconfiança com a política convencional a partir de uma nova forma de defender suas ideias. Trabalho coletivo, lutas contra a discriminação e defesa dos direitos humanos são algumas das bandeiras defendidas pelos novos militantes. Para falar sobre o atual cenário político, o Voz Ativa desta segunda-feira, 16 de abril, às 22h15, na Rede Minas, recebe a vereadora Áurea Carolina, do Partido Socialismo e Liberdade.

Para o debate, o apresentador Florestan Fernandes Júnior conta com as participações dos jornalistas Sergio Lirio, editor-chefe da revista Carta Capital; Heloísa Mendonça, do El País Brasil; Marcela Martins, da Rede Minas; Marcelo Freitas, do portal BHaZ; e do cientista político Rubens Goyatá Campante.

No programa, Áurea fala da trajetória da vereadora carioca Marielle Franco, assassinada depois de denunciar a violência nas comunidades do Rio de Janeiro e criticar a intervenção federal na cidade. Ela trata também das novas formas de mobilização política surgidas a partir dos movimentos populares, que defendem pautas feministas e de promoção das juventudes das periferias e das populações negras.

Áurea Carolina de Freitas, 34 anos, nasceu em Tucuruí, no Pará. Cresceu e se formou em Belo Horizonte. Nas eleições de 2016, foi a vereadora mais votada da capital mineira. Ela é cientista social, especialista em gênero e igualdade e mestre em Ciência Política.

materia_aureacarolina

O programa também é transmitido ao vivo pela web, aqui no site da Rede Minas e na página do programa no Facebook, e também conta com cobertura no Twitter. A reapresentação na Rede Minas é sábado, às 21h45. Em edição especial para rádio, o Voz Ativa é apresentado às terças-feiras, às 21h, na Inconfidência FM. Aos domingos, o programa vai ao ar pela Inconfidência AM às 22h.

O Voz Ativa oferece canais abertos com o público para poder comentar, sugerir temas e entrevistados via redes sociais, nos seguintes endereços: Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

       

Deixe um comentário